sábado, 16 de julho de 2016

Jin Shin Jyutsu – A Cura Em Suas Mãos

Em todos os desenvolvimentos surpreendentes da ciência nos últimos anos, isso ainda é muito pouco em comparação com a experiência e a sabedoria adquirida ao longo de milhares de anos de história.
Para entender o que estamos dizendo, basta voltar-se para o Oriente.
Neste caso, em particular, nós estamos olhando para um remédio fascinante que vem da antiga arte japonesa conhecida como Jin Shin Jyutsy.
Este é um tratamento que é capaz de equilibrar as emoções simplesmente estimulando certas partes das mãos.
Intrigante?

COMO FUNCIONA
O nome da técnica é uma homenagem ao seu criador, o filósofo Jin Shin Jyutsu.
Segundo a teoria de Jin Shin Jyutsu, cada um dos dedos está relacionado a um órgão e a partes do corpo.
Ao mesmo tempo, ela entende que cada um dos órgãos está ligado a certas emoções.
Por esta teoria, você pode controlar a saúde dos seus órgãos e as emoções através da manipulação de suas mãos.
É possível aplicar a técnica em qualquer lugar.
Você só precisa segurar os dedos e esperar pulsar.
Pode fazer em si mesmo ou aplicar a técnica em alguém.






Comece pegando os dedos da mão esquerda 
A intensidade do toque é firme e delicada.
Imagine que você está segurando um passarinho.
Não aperte.
Depois que começar a pulsar, espere uns 3 minutos e então mude de dedo.
Abaixo, um guia rápido do papel dos dedos e de suas relações com órgãos e emoções.

POLEGAR
Órgãos: baço, estômago e pâncreas.
Emoções: depressão, ansiedade.
Sintomas: nervosismo, dor abdominal, dores de cabeça, problemas de pele.
Ações: melhora a digestão de alimentos, ideias, pensamentos e emoções.
Ajuda a dormir melhor e nos torna receptivos ao toque e carinho.
Preocupações desaparecem.
Ajuda estômago, baço e pâncreas.
Pode interromper uma dor de cabeça que está começando.

DEDO INDICADOR
Órgãos: rim e bexiga.
Emoções: confusão, medo.
Sintomas: problemas com o sistema digestivo, dores musculares, dor de dente, dor nas costas.
Ações: traz coragem, fortalece o desejo de viver, harmoniza a circulação dos
fluidos corporais e o sistema muscular.
Dissolve o medo e as inseguranças.
Ajuda rim e bexiga.
Pode bloquear uma dor nas costas que está se iniciando.

DEDO MÉDIO
Órgãos: fígado e vesícula.
Emoções: irritabilidade, raiva.
Sintomas: enxaqueca, problemas de visão, problemas de circulação sanguínea, fadiga, dores menstruais, dor de cabeça frontal.
Ações: expande o sentimento de compaixão, a lucidez mental, a criatividade.
Regula a harmonia interior.
Elimina a raiva, frustrações e irritabilidade.
Ajuda fígado e vesícula biliar.
Melhora a visão e revitaliza a fadiga geral.

DEDO ANELAR
Órgãos: cólon e pulmão.
Emoções: tristeza, negatividade e tristeza.
Sintomas: problemas com a digestão, asma, problemas respiratórios.
Ações: Promove a alegria, a esperança, o apagamento do passado e o se abrir ao novo.
Dá vitalidade e energia ao corpo.
Afasta a tristeza e a negatividade.
Ajuda os pulmões e o intestino grosso.
Harmoniza a respiração e combate desconfortos no ouvido.

DEDO MÍNIMO
Órgãos: intestino, coração.
Emoções: baixa autoestima, relacionamento familiar, insegurança, nervosismo.
Sintomas: pressão alta, problemas cardíacos.
Ações: aumenta a autoestima, harmoniza o sistema esquelético.
Termina com pretensão, julgamentos, comparações e rivalidades.
Ajuda o coração e o intestino delgado.
Pode cortar uma dor de garganta que está se iniciando.

CENTRO DA PALMA DA MÃO
Órgão: diafragma.
Emoções: depressão, desânimo
Sintomas: fadiga
Ações: traz sensação de paz profunda.
Acaba com o desânimo.
Ajuda o diafragma e o fluxo na região.
Harmoniza corpo e mente.

E OS RESULTADOS
A teoria Jin Shin Jyutsu não tem respaldo científico.
Mas e daí?
Ela resistiu por milhares de anos e foi disseminada por todo o mundo.
Então, podemos pensar que existe algum mérito nela, não é mesmo?
O processo é gratuito e rápido, não há mal em tentar.
Mas lembramos que você deve sempre consultar seu médico para tratar problemas de saúde.
Remédios alternativos devem ser usados como tratamentos complementares, e não em substituição ao tratamento prescrito por seu médico.



Nenhum comentário:

Postar um comentário